Carregando

Pix para o varejo: agilidade para alavancar as vendas

Por banco-topazio | 16 de novembro de 2020

Com o Pix,  processo de compras online será impactado, trazendo vantagens para quem vende e também para quem compra

 

Que o Pix irá trazer mais velocidade, segurança e menores custos às transações financeiras muita gente já sabe. Por conta disso, o novo sistema de pagamentos instantâneos, que passa a funcionar oficialmente no Brasil no dia 16 de novembro, trará uma série de benefícios para pessoas físicas e jurídicas. 

Especialmente para o varejo, o Pix também trará vantagens. Por exemplo: a área do e-commerce deverá ser fortemente impactada. E os benefícios serão percebidos não só para os lojistas, mas também para os consumidores.

Pix e o impacto no varejo

O ano de 2020 vem sendo marcado pelo boom no e-commerce no Brasil. Nos últimos meses, os novos hábitos de consumo vêm provocando aumento no faturamento do comércio eletrônico bem como expansão no número de lojas.  Além disso, a pandemia não somente elevou os acessos mensais, como definiu um novo patamar de crescimento do comércio online para o próximo ano. É o que diz o Relatório Setores do E-commerce no Brasil, produzido por Conversion e divulgado no portal E-commerce Brasil.

Somado a esse contexto, a chegada do Pix promete revolucionar ainda mais o varejo online. Entre as principais vantagens, estão maior agilidade nas operações de pagamento, menores custos financeiros e operacionais, menos burocracia e mais comodidade.

Pix no e-commerce: como irá funcionar

Assim como o cartão de crédito, débito ou boleto, o Pix será mais um meio de pagamento disponível para compras online. A novidade deverá trazer vantagens não só para quem vende, mas também para quem compra. Confira algumas delas:

Velocidade nas transações

Operações como pagamentos, recebimentos e transferência de valores poderão ser realizados 24 horas por dia, sete dias por semana e levarão segundos para serem efetivadas. Com isso, por ser instantâneo, os prazos de entregas de compras online poderão diminuir significativamente, pois o produto pode ser liberado de maneira mais rápida para o despacho. Por exemplo: uma compra realizada online por boleto, poderia levar até 3 dias úteis para ter o pagamento confirmado. Já com o Pix, como o pagamento é efetuado no momento da compra, o cliente poderá receber seu produto mais rápido, pois não precisará aguardar o prazo de compensação do boleto.

Além disso, as informações contidas no QR Code, um dos formatos de pagamento via Pix, serão mais completas e abrangentes do que nos códigos de barra tradicionais. Desta forma, deverão uniformizar e ajudar a automatizar o processo.

Quer receber conteúdos como esse por email? Inscreva-se na nossa newsletter!
É só preencher seus dados no final da página.

 Menor custo

O Pix é mais barato que os meios tradicionais de transação financeira, como TED, DOC, depósitos, boleto e cartão de débito, por exemplo. Para as pessoas, o Pix não terá nenhum custo. Já para as empresas, as taxas praticadas pelo Bacen e bancos comerciais serão menores do que as atuais. 

Desta forma, com menos despesas com transações é possível baratear produtos que tiverem o Pix como meio de pagamento, beneficiando comerciantes e consumidores.

Além disso, os custos menores tendem a proporcionar ganhos de fluxo de caixa para as empresas e maior facilidade logística. Como consequência, poderá gerar aumento da competitividade dos negócios e diminuição dos trâmites burocráticos.

Acessibilidade

Outra vantagem que pode ser um fator para alavancar as vendas no comércio online é o fato de que o Pix trará maior acessibilidade. Pessoas sem acesso a cartão de débito também poderão comprar – desde que tenham conta em alguma instituição financeira de pagamento. Para isso, elas poderão usar o saldo disponível em suas contas. Como consequência, o Pix deverá democratizar o acesso a compras online. 

Com tudo isso, a chegada do Pix no Brasil promete ser uma revolução tecnológica nos meios de pagamento. Para saber mais, o Banco Central disponibiliza um material completo sobre o Pix, com informações sobre regulamentação e benefícios. Acesse aqui.

Fique por dentro de tudo sobre o Pix aqui!

Deixe o seu comentário