Carregando

Pagamento peer-to-peer (P2P): como essa tecnologia ajuda seu negócio

Por banco-topazio | 17 de julho de 2019

O peer-to-peer (ou seja, uma transação de pessoa para pessoa), mais conhecido no mercado como P2P, é uma tecnologia que chegou para facilitar as transações financeiras, sejam elas de um usuário para outro, de clientes para estabelecimentos ou até mesmo entre empresas, sem precisar envolver um banco no assunto.

Vamos começar conhecendo um pouco mais a fundo o modelo P2P? A solução pode ser dividida em três tipos:

Modelo não-centrado em banco: você usa um serviço de pagamentos online como intermediário para fazer transferências para outra pessoa, sem que esse processo precise passar por um banco.

Modelo centrado em banco: você solicita diretamente junto ao banco a transferência para outra pessoa.

Modelo centrado em cartão: o pagamento é totalmente processado pela operadora do seu cartão de crédito ou débito.

Mas você deve estar se perguntando: “Como isso beneficia meu negócio?” Bem, para se ter uma ideia, a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (ABECS) prevê que, nos próximos cinco anos, 60% dos pagamentos realizados no País sejam por meios eletrônicos. Ou seja, com a criação de novas formas de transações, a tendência é que a quantidade de clientes que irão aderir a essas opções aumente significamente.

Além disso, é importante lembrar que a tecnologia, que avança cada vez mais em todos os setores, tem trazido mais comodidade e facilidade para as pessoas. Portanto, aderir a esta nova tecnologia de pagamento é colocar seu negócio cada vez mais no mundo digital e, logo, proporcionar aos clientes mais opções, ficando à frente da concorrência.

Assim, com o peer-to-peer, enviar dinheiro ou fazer pagamentos em tempo real, usando um aplicativo simples de mexer, se torna um diferencial importante para vender mais e expandir seu negócio, facilitando tanto seus recebimentos quanto o pagamento aos fornecedores, por exemplo. Outra vantagem que deve ser levada em conta é a possibilidade de receber dinheiro a qualquer momento, sem precisar ficar esperando o horário comercial ou os prazos definidos pelos bancos.

Uma solução que facilita suas transações bancárias, otimizando o tempo neste processos, e que faz com que sua loja atenda às expectativas dos clientes em relação a pagamentos em tempo real, mais rápidos, fáceis e ágeis é uma vantagem para seu negócio, certo?

 

Como funciona o P2P?

De forma prática, o P2P é uma tecnologia que facilita as transações financeiras, diminuindo a burocracia desse processo. Isso sem falar que, como citamos, a operação não precisa, obrigatoriamente, do intermédio de um banco. Portanto, os brasileiros que não têm conta em nenhuma instituição financeira – que, de acordo com uma pesquisa da Associação Nacional das Empresas de Recuperação de Crédito (ASERC), somam cerca de 30% da população – também podem se beneficiar dessa tecnologia.

As operações acontecem em tempo real, durante 24 horas por dia, 7 dias por semana e 365 dias por ano. A maioria dos pagamentos pela internet ainda precisam dos bancos para fazer a conexão entre cliente e loja. Mas, usando a tecnologia P2P, essa conexão é feita por um sistema comum, sem importar quais são os bancos ou bandeiras de cartões envolvidos no processo. 

Na China, por exemplo, este modelo de pagamento instantâneo é amplamente utilizado. Hoje, até artistas de rua recebem a contribuição dos apoiadores por esta tecnologia. O PicPay e o Payly são exemplos de aplicativos que realizam transações P2P e têm conquistado adeptos no Brasil. Com eles, o usuário pode receber e enviar dinheiro para outras pessoas, pagar contas, comprar créditos para o celular e muito mais.

 

O papel do BaaS nas transações peer-to-peer

O Bank as a Service, ou BaaS, é uma nova forma das empresas – que não são bancos – oferecerem serviços bancários com menos burocracia. Terceirizando esse processo com uma instituição financeira que trabalha com serviços de Open Banking, é possível oferecer uma série de transações financeiras, como depósitos, pagamento de contas, cartões de crédito e débito e transferências.

Leia: Open Banking: o que é e como está transformando o setor financeiro

Assim, nas transações P2P, o BaaS tem papel fundamental, já que funciona como um incorporador das diversas funcionalidades oferecidas pelos serviços digitais, como é o caso do peer-to-peer. Para que o sistema P2P funcione corretamente, sem falhas, é o serviço BaaS que permite a integração necessária para que os serviços bancários digitais aconteçam.

É verdade que ter todas estas facilidades na palma da sua mão, a qualquer momento e com apenas alguns cliques e continuar tendo a mesma segurança de processos bancários tradicionais, cria novos hábitos de consumo. Mas também é preciso estar atento quando o assunto é tecnologia e dinheiro.

Sabemos que nem todos estão tão familiarizados assim com transações online. Mas, por mais complicado que possa parecer, não fique de fora do mundo digital.

Leia mais: Descubra o que é Phishing e se proteja

Procure conhecer melhor as vantagens que a tecnologia pode trazer para facilitar o seu dia a dia e a gestão do seu negócio e fique sempre atento para não informar seus dados bancários em sites que você não conhece e que não são confiáveis.

 

Deixe o seu comentário