Carregando

Topázio irá aderir ao Selo ABRACAM de Conformidade

Por banco-topazio | 26 de abril de 2021

Saiba mais sobre o Selo ABRACAM de Conformidade e por que apoiamos e iremos aderir à iniciativa

Criado pela Associação Brasileira de Câmbio (ABRACAM), o Selo ABRACAM de Conformidade tem sido encarado no mercado cambial como um diferencial para corretoras, bancos e correspondentes cambiais atuantes. Então, com o cronograma em andamento, a ABRACAM está recebendo pedidos de cadastramento das instituições desde o lançamento, em outubro de 2020. 

O processo de adesão é gradual e primeiramente, desde 1º de fevereiro, foi liberado para os bancos que atuam no mercado cambial garantirem a certificação. Como no Topázio acreditamos e apoiamos a iniciativa, já iniciamos o processo de adesão ao Selo.  Todos os trâmites estão em andamento e, em breve, a auditoria contratada pela ABRACAM deve ser realizada.

Topázio irá aderir ao Selo ABRACAM de Conformidade_Banco Topázio

Segundo o nosso diretor de câmbio, Ademir Schenatto, o Selo foi elaborado considerando diversos critérios de qualificação voltados para a área de câmbio. Portanto, ele é fundamental para bancos que atuam nesse segmento. “Dentro deste contexto, o Banco Central do Brasil (BACEN) está apoiando o Selo, que seria, por exemplo, uma espécie de auto regulação de mercado”, afirma. Além disso, Ademir complementa que o Selo também é uma alternativa para padronizar procedimentos e buscar uma concorrência mais sadia no mercado cambial. 

Quer receber conteúdos como esse por email? Inscreva-se na nossa newsletter!
É só preencher seus dados no final da página.

Topázio apoia a iniciativa 

De acordo com o diretor de câmbio, a certificação foi formulada principalmente por conta dos riscos aos quais o segmento está exposto pelo acesso à moeda estrangeira para fins ilícitos.

A adesão ao Selo, pelas exigências de política institucional e instrumentos de prevenção exigidos, bem como contribuirá para a melhoria da imagem do segmento como um todo. Para as instituições, individualmente, contribuirá para a mitigação de riscos de imagem e conformidade.

Nesse sentido, segundo Ademir, se o mercado atuar de maneira uniforme e a concorrência se tornar mais sadia, os riscos aos quais as instituições estão submetidas, diminuem. “Nós esperamos atuar em um mercado mais depurado, que não traga riscos para a instituição”, diz. 

Além da criação de um ambiente mais “transparente”, o Selo reforça ainda mais o nosso comprometimento com as políticas de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Combate ao Financiamento do Terrorismo (PLD/CFT). 

“A partir da adesão ao Selo, o Topázio, que vem se posicionando como um banco de câmbio, fortalece sua imagem perante o regulador, ao mercado como um todo, e especialmente, perante seus clientes”, ressalta Ademir. Ou seja, conforme ele, o Selo tende a ser “um produto importantíssimo e um diferencial para as instituições”.

Saiba mais sobre as boas práticas de PLD/CFT para corretoras. Confira também detalhes que podem ajudar na hora de escolher um parceiro de câmbio da sua empresa:

> PLD/CFT: boas práticas para corretoras de câmbio

> Critérios para escolher o parceiro de câmbio da sua empresa

Deixe o seu comentário