Carregando

Instituto Caldeira: iniciativas devem promover transformação digital nas organizações

Por banco-topazio | 30 de março de 2021

Agenda de atividades do Instituto Caldeira para 2021 terá pelo menos três programas permanentes para os próximos meses

O Instituto Caldeira está com diversas atividades programadas para 2021. Entre elas estão o Conecta Caldeira, que deve acontecer durante todo o ano; o Marco Zero, que é um programa de intraempreendedorismo e também o Caldeira Sessions, que deve ter uma agenda mensal.

Conforme o diretor executivo do Instituto, Pedro Valério, um dos principais objetivos das empresas ao buscar o Caldeira, é estabelecer uma conexão com outras organizações e o intercâmbio de ideias entre os colaboradores.

O Instituto Caldeira está localizado no 4º Distrito de Porto Alegre. A instituição sem fins lucrativos reúne iniciativas e parceiros ligados à Nova Economia. Ele conecta empresas, universidades, startups e diferentes interessados na transformação digital dos negócios. Bem como no fomento do ecossistema gaúcho de inovação. O Banco Topázio, por meio do CEO Haroldo Stumpf, integra o Conselho de Administração do Instituto.

Mesmo com os planejamentos estruturados, diante dos desafios impostos pela pandemia da Covid-19, o Instituto Caldeira está adequando o cronograma. Portanto, ainda estão sendo definidos os formatos das atividades, no sentido de confirmar quais serão feitas de forma remota ou presencial.

Importância das iniciativas

Segundo a gerente de projetos do Instituto Caldeira, Lívia Menegat, tanto o programa Conecta Caldeira, quanto o Marco Zero, devem ser realizados ao longo de todo o ano. Enquanto o Caldeira Sessions deve ter agendas mensais.

A principal intenção de todas as ações programadas para 2021 é estimular o desenvolvimento de ambientes de inovação dentro das empresas. Além de fortalecer a atuação das startups gaúchas. A partir de cada uma das atividades, grandes empresários e novas organizações com projetos inovadores estarão conectados e trabalhando em conjunto.

Caldeira Sessions

O Caldeira Sessions, conforme Valério, foi uma iniciativa que surgiu como provocação de alguns dos fundadores. O primeiro encontro foi com Fred Trajano, CEO do Magazine Luiza e José Galló, Presidente do Conselho de Administração da Lojas Renner. Nas demais edições de 2020 foram convidados diversos nomes do empreendedorismo brasileiro. “O Sessions surgiu de uma ideia de Jam Session, são conversas, trocas entre pessoas que de alguma maneira passaram ou estão passando pelos seus processos de transformação digital”, explica.

Conforme Valério, o Sessions promove o aspecto inspiracional e a troca de experiências entre os empreendedores e as grandes empresas. “É justamente uma conversa transparente, colocando em pauta desafios, erros, problemas, onde está dando errado, porque por vezes a gente é acostumado a ler os cases de sucesso, parece que é uma trajetória linear, sem inconsistências ou mega desafios desse processo”, ressalta.

Marco Zero

O Marco Zero, por exemplo, funcionará da seguinte forma: diversas empresas levarão seus times para uma mesma turma. “O objetivo é que os times das empresas aprendam e entendam como resolver alguns desafios de dentro das corporações”, detalha a gerente de projetos, Lívia Menegat.

Será um programa de intraempreendedorismo. Durante o Marco Zero, o Instituto e a empresa parceira Semente Negócios pretendem auxiliar esses times a resolverem, através de diversas ferramentas, os desafios que cada uma das empresas têm. A princípio cada edição do programa terá duração de aproximadamente 2 meses. E, ainda, que aconteça ao longo de todo o ano. 

Na dinâmica do programa, diversas empresas levarão seus times para uma mesma turma. Serão realizados encontros entre todos e, depois, encontros individuais com os times de cada organização.

Quer receber conteúdos como esse por email? Inscreva-se na nossa newsletter!
É só preencher seus dados no final da página.

Conecta Caldeira

Primeiramente, o objetivo do Conecta Caldeira é fomentar o ecossistema de inovação no Rio Grande do Sul. Dessa forma, proporcionando soluções para empresas e oportunidades comerciais para startups. A partir da conexão das startups com grandes empresas, a intenção do programa também é gerar competitividade. O Conecta Caldeira é uma das maneiras que o Instituto está atuando para gerar competitividade para as grandes empresas, oportunidades comerciais para startups e apresentar às organizações locais soluções e iniciativas desenvolvidas.

Na primeira edição foram 55 startups inscritas, sendo que 5 eram de Israel. Durante a execução do Conecta, as instituições divulgaram alguns desafios em comum que estão enfrentando nos processos de transformação digital. A partir disso, as startups que possuíam soluções que atendiam aos desafios, se inscreviam para fazer parte do programa.

As vencedoras da primeira edição do Conecta Caldeira foram a NeuralMind e a Polen, com empate técnico. As empresas tiveram as maiores pontuações na avaliação do projeto. Além das conexões comerciais geradas, as duas startups também receberam créditos para ocupar espaços no Instituto Caldeira em 2021.

Instituto Caldeira_Banco Topazio

Próximos planos para o calendário do Instituto

Valério ainda ressalta que, entre as intenções do Caldeira também está o desenho de um modelo que é o W Sessions. Um programa voltado para lideranças femininas. “A ideia é trabalhar muito forte o olhar feminino e trazer a perspectiva dessas líderes mulheres que estão fazendo projetos e iniciativas de relevância no Brasil e no mundo”, diz.

Também está em andamento o desenho do Tag Sessions, que deve ser realizado em parceria com empresas de tecnologia. Serão conversas mais específicas sobre como desmistificar as grandes tecnologias que vão impactar os nossos negócios daqui pra frente. Como, por exemplo, blockchain, inteligência artificial e outras, e o que isso tudo impacta nas vidas dos empresários”, destaca Valério.

Essas atividades já fazem parte da programação do Instituto Caldeira para 2021 e pretendem movimentar o cenário do empreendedorismo gaúcho. Continue acompanhando as próximas publicações sobre as iniciativas do hub de inovação, tanto no site ou nas redes sociais do Instituto, quanto aqui no blog.

Deixe o seu comentário