Carregando

Inovação: o que é, como começar e porque ela é tão importante

Por banco-topazio | 17 de dezembro de 2020

Entenda o que é inovação e porque ela pode ser tão importante para pequenos negócios principalmente em momentos de crise

 

Criar algo novo. Melhorar algo que já existe. Encontrar um jeito diferente e mais eficiente de fazer. Produzir mais com menos custo. Diferentemente de invenção, inovar envolve gerar valor para resolver uma necessidade real. Um processo que inicia na concepção, aplicação, desenvolvimento e gestão. 

 

Pode ser também definida como um processo criativo e transformador que promove mudanças, impactando positivamente pessoas e potencializando negócios. Na gestão empresarial, a inovação pode impactar em processos mais ágeis e produtivos, trazendo benefícios e novas soluções para empresas.

 

Para Peter Drucker, um dos maiores pensadores da Administração, inovação é o “ato de atribuir novas capacidades aos recursos (pessoas e processos) existentes na empresa para gerar riqueza”. Mas existem vários conceitos e estudos para inovação. E, diferentemente do que muitas pessoas podem pensar, a inovação não está necessariamente conectada com tecnologia ou ao investimento de grandes recursos.

 

A importância da inovação

A inovação pode ser uma importante ferramenta para manter as empresas competitivas diante de seus concorrentes. Alguns autores indicam, inclusive, que a inovação é o caminho para a sobrevivência das empresas no mercado.

 

Uma pesquisa realizada recentemente pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), publicado no portal PGN confirma essa premissa. O estudo mapeou pequenas empresas que implementaram algum tipo de inovação nos seus negócios em meio a pandemia. Conforme a análise, uma em quatro pequenas empresas desenvolveram alguma prática inovadora em meio ao Coronavírus. E aqueles que inovaram tiveram melhores resultados em faturamento. Enquanto os inovadores registraram perda de 32% de receita, os que não inovaram, tiveram um percentual de perda superior a 39%.

Quer receber conteúdos como esse por email? Inscreva-se na nossa newsletter!
É só preencher seus dados no final da página.

Inovação: como começar 

Em geral, as organizações que trabalham a inovação em seus ambientes investem em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D). A prática é bastante difundida em grandes corporações, mas pode ser aplicada também em pequenos negócios e startups. A área de P&D é responsável por levantar informações e coletar dados sobre mercado, clientes, tecnologias e tendências. 

 

Independente de haver essa área na empresa ou não, é importante que se esteja atento a esses aspectos quando se quer inovar.

 

Além disso, vale destacar que inovação pode ser uma experiência de consumo, um produto, um serviço ou até mesmo um processo. É um conceito aplicável a diversas áreas.

 

Listamos alguns pontos importantes para você começar:

 

– Identifique um problema que precisa ser resolvido

Pode ser algo mais simples ou complexo, mas que seja uma dor para o seu negócio e que a solução pode se tornar uma oportunidade.

 

– Pesquise no mercado

Avalie na concorrência se não há alguma solução para esse mesmo problema. Pesquise o mercado, converse com clientes e demais públicos.

 

– Estruture possíveis soluções

Crie o máximo de alternativas possíveis para a solução do problema. Analise junto à equipe, clientes ou mentores.

 

– Teste

Antes de partir para a solução que você escolheu, busque testar, para ver se funciona. Se possível, escolha um grupo de clientes ou pessoas próximas e coloque a solução à prova para avaliar os resultados.

 

– Execute 

Busque investimentos necessários, sejam eles em equipe ou financeiros, e implemente a solução.

 

 – Acompanhe os resultados

Acompanhe de perto o processo e seus resultados. Avalie se a ideia funcionou ou se precisa ser modificada e transforme em aprendizado para o seu negócio.

 

Adotar práticas inovadoras pode ser algo menos complexo do que parece. Para saber mais sobre inovação entre micro e pequenas empresas, confira uma série de conteúdos, cursos e vídeos que estão disponíveis no portal Jornada da Inovação, disponibilizado pelo Sebrae. 

Veja também quatro dicas para inovar na oferta de seu produto ou serviço sem grandes custos, publicado pela Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

 

 

Deixe o seu comentário