Carregando

Bank as a Service: modelo de negócio que viabiliza novos serviços financeiros

Por banco-topazio | 27 de dezembro de 2019

BaaS é a oferta de produtos bancários para parceiros

 

A transformação digital já está acontecendo no mundo e em todos os segmentos do mercado. O sistema financeiro não ficou para trás nesta corrida e está agregando tecnologia aos seus serviços para oferecer aos clientes – cada vez mais exigentes – novos produtos e facilidades de atendimento. As instituições financeiras já marcam presença online, exemplo disso é avanço dos bancos digitais e fintechs neste cenário.

Neste artigo, vamos falar sobre o Bank as a Service (BaaS), conceito relativamente novo no País, mas que vem tomando conta do mercado financeiro atual e que é um facilitador para fintechs ou empresas de serviços financeiros digitais, pois possibilita que esses ofertem serviços bancários, como transações financeiras, depósitos, pagamentos de contas, cartões de crédito e débito e transferências, a partir de uma plataforma que tenha a cara da sua empresa.

O BaaS é uma sigla que significa “Bank as a Service”, ou “banco como serviço“, em tradução livre. Na prática, são bancos disponibilizando seus sistemas próprios para serem utilizados por outras empresas por meio de integrações via APIs (Application Programming Interface, ou Interface de Programação de Aplicativos, em português). Isso possibilita que startups e fintechs ofereçam serviços financeiros digitais e inovadores aos seus clientes, utilizando a tecnologia e licença bancária do banco parceiro.

 

Panorama de serviços financeiros digitais no País

A Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária, realizada pela Federação Brasileira de Bancos em parceria com a Deloitte, revelou que, em 2018, foram abertas 2,5 milhões de contas bancárias pelo celular, um aumento de 56% em relação a 2017.

O crescimento na oferta de serviços digitais é reflexo da preocupação dos bancos em ampliar e facilitar o acesso dos consumidores aos seus serviços. O número de contas que usam o chamado mobile banking saltou de 57 milhões em 2017 para 70 milhões em 2018, enquanto os usuários que realizam pelo menos 80% das transações por esse canal, chamados heavy users, passaram de 16,3 milhões em 2017 para 26,8 milhões em 2018. Este cenário é bastante significativo.

Com o Bank as a Service, fintechs criam soluções únicas e exclusivas para atrair os clientes que estão mais familiarizados com transações financeiras digitais, seja por um aplicativo de pagamento ou por qualquer plataforma.

 

Principais vantagens do BaaS para seu negócio financeiro

Contar com o Bank as a Service para viabilizar o seu produto financeiro digital traz um ganho em agilidade nas operações com menos burocracia. Entre as principais vantagens do BaaS, podemos citar:

 

– Oferta de serviços bancários sem ter que se tornar um Banco: a solução permite oferecer serviços que, antes, só eram disponibilizados pelas instituições financeiras. Isso com as mesmas funcionalidades e tendo o cuidado de seguir os mesmos padrões de segurança e regras de compliance.

 

Personalização da plataforma: todos os produtos e serviços financeiros disponibilizados ao cliente podem ser personalizados conforme o modelo de negócio da fintech. Toda a experiência e jornada de compra do cliente não sofre interferência pela instituição financeira que está operacionalizando as transações.

 

Segurança das informações: os dados processados entre fintechs e instituições financeiras através de APIs são extremamente seguros e confidenciais. Existem regulamentações específicas e tecnologias que garantem a segurança dessas operações.

 

– Foco no seu negócio:

Nesse modelo de negócio você tem uma instituição bancária como parceria, ou seja, uma empresa com os conhecimentos de toda regulamentação do setor, regras de compliance, experiência bancária, para lhe orientar sobre os procedimentos corretos.

 

Esse modelo de parceria entre bancos e fintechs está possibilitando muitas inovações no mercado financeiro e quem ganha com isso são os clientes. É importante conhecer esse cenário de transformações para aproveitar essas vantagens tanto você como empreendedor de um negócio que oferece serviços financeiros digitais ou como usuário desse serviço.

Deixe o seu comentário