Carregando

Crédito certo para sua empresa: saiba como escolher!

Por banco-topazio | 7 de maio de 2019

Para prosperar, você pode recorrer ao apoio de uma instituição financeira. Mas, é preciso escolher o tipo de crédito certo para alcançar o equilíbrio das contas do seu negócio.

Alguns empresários ainda acreditam que só estão com a saúde financeira do seu negócio em dia quando não precisam recorrer a linhas de crédito. Porém, isso nem sempre é uma realidade. Afinal, para continuar prosperando, muitas vezes, é preciso investir em melhorias no seu negócio. E isso, pode exigir recursos além dos disponíveis no caixa da empresa.

Então, recorrer a linhas de crédito pode ser uma ótima estratégia para crescer e atingir a almejada saúde financeira, desde que sua decisão esteja totalmente ligada à boa gestão dos recursos disponíveis e de investimentos certos que possam gerar lucros.

Entretanto, a escolha do tipo de crédito a ser adotado pode se tornar uma grande armadilha, se você não souber por qual caminho seguir. Em geral, existem muitas opções de crédito para pessoa jurídica. E para que você possa escolher o melhor e mais rentável para o seu negócio, alguns pontos devem ser observados:

 

Conheça as suas necessidades

O primeiro passo para entender qual crédito pode passar a ser seu aliado nessa jornada é entender bem quais são as reais necessidades da sua empresa. Analise e perceba em que ponto o seu negócio está e onde quer chegar. Você quer expandir? Tem quantos fornecedores para pagar? Deve adiantar o pagamento dos colaboradores? Quais são as suas necessidades financeiras em curto, médio e longo prazo?

É importante conhecer a sua empresa e as suas necessidades, pois é esse conhecimento que impacta diretamente na escolha do melhor tipo de crédito a ser contratado. Afinal, é preciso que todos os planos e necessidades sejam colocados no papel para ter, na ponta do lápis, a clareza das carências reais do negócio.

 

Saiba priorizar

Para manter a saúde financeira, é importante, também, saber priorizar os itens que vão trazer retorno financeiro mais rápido ou então que diminuam os custos do negócio. Por exemplo: pagar contas em atraso deve ser prioridade para evitar o acúmulo de juros. Ou investir no aumento do estoque de suprimentos em época de mais movimento do negócio é importante para não deixar de atender a toda demanda.

 

Avalie os créditos disponíveis

Depois de definir para que, quanto e com quem você vai negociar, é chegada a hora de escolher o tipo de crédito que mais se encaixa ao perfil do seu negócio. E para ajudá-lo nessa escolha, explicamos algumas das principais modalidades de crédito para pessoa jurídica. Confira:

Capital de giro

O que é: tipo de empréstimo de curto ou médio prazo, destinado a atender às necessidades de recursos para não faltar dinheiro em caixa e com a possibilidade de pagamento parcelado.

Indicação: o capital de giro é um crédito normalmente utilizado em operações de volumes financeiros maiores, como reformas, formação de estoque, pagamento de 13°, pagamento de fornecedores, entre outros.

Antecipação de recebíveis

O que é: tem o objetivo de antecipar para a empresa o valor de seus recebíveis originados das vendas a prazo. Ou seja, suas vendas parceladas nos cartões de crédito podem ser recebidas diretamente da instituição financeira à vista, antes mesmo de o consumidor quitar as parcelas do cartão.

Indicação: esse tipo de crédito é utilizado, principalmente, na captação de recursos imediatos para tarefas recorrentes, como pagamento a fornecedores, estender o prazo de pagamento dos clientes e pagar comissões ao vendedores.

Antecipação de Fornecedores

O que é: seus fornecedores antecipam seus recebíveis com o banco para aumentar o fluxo de caixa deles, e você beneficia o seu negócio por meio do rebate em cima dessa operação. A instituição financeira paga à vista para o empresário e desconta o boleto ou o cheque no prazo acertado com o cliente da empresa.

Indicação: é indicado para empresas que tenham diversos fornecedores e realizem um alto volume de compras. Esse adiantamento é favorável para equilibrar o fluxo de caixa das empresas envolvidas na operação. Além de automatizar o processo de antecipação a fornecedores, organizando melhor suas finanças e evitando pagamentos em duplicidade.

Limite rotativo

O que é: o limite rotativo é um tipo de crédito disponível na conta da sua empresa para uso conforme sua necessidade. Assim, sua empresa conta com um recurso para atender a eventuais desencaixes de fluxo de caixa de forma ágil e simples.

Indicação: esse limite extra deve ser utilizado em curto prazo e em situações emergenciais. Quando o caixa fica mais apertado no fim do mês, por exemplo, você pode usar esse recurso disponível para não fechar o período no vermelho.

 

Tenha clareza de quanto você pode pagar por mês

É bem importante que você tenha um planejamento financeiro. O empréstimo pode ser bom e ajudar o negócio, mas as parcelas contraídas nessa operação precisam entrar imediatamente para o planejamento da empresa. Desse modo, a tomada de crédito não irá virar um pesadelo.

É fundamental saber quanto você pode pagar mês a mês. Ter certeza que o valor da parcela cabe no orçamento da sua empresa determinará o sucesso da sua operação de crédito.

Prazos: quanto mais longo o prazo de pagamento, mais baixas as parcelas ficarão. Entretanto, nesse formato, pode ser que os juros sejam mais elevados. Já escolhendo um prazo de pagamento mais curto, rapidamente você está livre dos pagamentos. Mas tenha em mente que, nesse formato, as parcelas ficarão mais altas. E caso você atrase o pagamento, os juros e mora podem ser elevados e prejudicar seu planejamento.

Como vimos, para expandir seu negócio, crescer e manter as contas em dia, o crédito pode ser um ótimo aliado. Com um bom controle financeiro, você terá clareza das suas reais necessidades. 

Tendo em mente que as parcelas do empréstimo acompanharão o seu negócio por alguns meses, aceite as condições de pagamento que realmente sejam viáveis para você. Assim, você evita atrasos que geram multas e negativação da sua empresa.

E na hora de decidir por uma linha de crédito, lembre-se que existem diversas opções no mercado. Algumas delas foram explicadas aqui, e você deve optar pela que mais se encaixa à sua necessidade. Nesse momento, conte com uma instituição financeira séria. Que esteja disponível para entender a realidade do seu negócio e oriente você nessa decisão. Assim, você poderá realizar um empréstimo com segurança e tranquilidade, sabendo que ele vai ajudar o seu negócio a evoluir.

Leia também: 6 desafios na gestão de posto de combustível

 

 

Deixe o seu comentário