Carregando

5 dicas para preparar seu negócio para as festas de final de ano

Por banco-topazio | 10 de outubro de 2019

Preparar-se para esta época é importante para a saúde financeira da sua empresa

 

De acordo com levantamento realizado pelo Serasa Experian, os últimos meses do ano podem ser bastante intensos para o seu negócio. Enquanto eventos como Natal, festas de final de ano e férias tornam o último trimestre do ano aquecido para alguns segmentos, para outros, na verdade os meses finais do ano podem ser um período de baixo movimento e redução nas vendas.

Ou seja, para finalizar o ano sem surpresas, é importante preparar-se para esta temporada tão diferenciada. Neste artigo, separamos 5 dicas de como sua empresa pode aproveitar, da melhor forma,  os últimos meses de 2019 e manter as contas equilibradas, independentemente dos produtos comercializados. Confira:

 

Prepare-se para alterações de demanda

Caso seu estabelecimento tenha um aumento no movimento neste período, é necessário que você se antecipe para abastecer seu estoque com novos produtos sem correr o risco de perder vendas por falta de mercadorias. Avalie o mercado, os números de anos anteriores e aposte em compras certeiras, que vão atrair e agradar seu público-alvo. 

O final do ano é época de renovação. Aproveite o fluxo maior de clientes na loja para fazer uma promoção, oferecendo produtos com baixo giro de vendas por preços atrativos. Você libera espaço no estoque para mercadorias com melhor potencial de vendas, aumentar o faturamento e ainda atrai novos clientes.

Outra dica muito importante para estabelecimentos que veem no último trimestre um aumento expressivo no movimento é prestar atenção à equipe. O acréscimo no movimento exige que seu time esteja pronto para atender os consumidores de forma satisfatória. Evitar filas, não deixar o cliente esperando e ter sempre uma pessoa disponível para sanar dúvidas e ajudar na hora da compra é essencial para fidelizar o cliente para todas as épocas do ano.

Para negócios em que o final do ano representa baixo movimento, é necessário planejar ações que atraiam os consumidores. Descontos, liquidações, promoções e até mesmo a realização de eventos, podem ser alternativas para resgatar o público e chamar a atenção dos consumidores para seu estabelecimento. 

Lembre-se que, via de regra, os últimos meses do ano são mais procurados para férias e isto pode significar clientes distantes. Se for possível, ofereça mais opções de canais de comunicação para que ele efetue a compra em qualquer lugar que esteja.

 

Horários de atendimento especiais

O período das festas de fim de ano – Natal e Réveillon –  pode aumentar o movimento em estabelecimentos como postos de combustível e supermercados. Por isso é importante que o comerciante se organize com horários diferenciados e estendidos para cumprir a demanda excepcional. 

Outra alternativa interessante é criar uma escala de trabalho levando em conta períodos de baixa e alta procura ao longo do dia. Essa é uma ótima ação para evitar gastos desnecessários com equipe ociosa e conseguir atender com eficiência aos clientes quando eles efetivamente estão em seu estabelecimento.

Já os comércios localizados em regiões onde o maior fluxo vem de empresas, que acabam tendo o movimento reduzido nessas datas – como restaurantes, oficinas mecânicas ou empresas de serviços administrativos – podem aproveitar essa época para reduzir custos fixos. Diminuir o horário de atendimento, férias coletivas ou escalas diferenciadas são alternativas para organizar as finanças sem afetar o atendimento ao público.

 

Invista em promoções especiais

Como o último trimestre do ano é uma época com muitos altos e baixos, então planejamento é essencial. Seja para atrair mais clientes ou conseguir atender a demanda, ter uma estratégia é prevenir prejuízos.

Se preocupar em investir em promoções atrativas e mais voltadas para as características desse período do ano pode ser uma saída interessante para seu negócio. Ações que aumentem o volume de clientes na loja – como no modelo “amigo indica amigo” – ou promovam o aumento de movimento em dias de menor fluxo – como descontos para dias ou horários específicos – são boas opções para diminuir o impacto da queda de movimento natural do período. 

Além disso, apostar em estratégias como “Ações especiais de Natal”, “Promoção de Férias” ou “Queima de Estoque de Final de Ano” chamam a atenção dos consumidores e podem fazer seu negócio se destacar da concorrência. Se for possível, oferecer combos, kits, vouchers e vale-presentes podem ser alternativas interessantes.

 

Analise os períodos anteriores

Conhecer as características do seu negócio é o primeiro passo para alcançar resultados cada vez melhores. Por isso, é importante que você analise o mercado como um todo, mas principalmente os números da sua empresa. 

É importante avaliar o movimento em anos anteriores – os produtos mais vendidos, taxas de devolução, clientes atendidos, novos clientes e clientes recorrentes. Verifique quais campanhas foram mais efetivas, as características da demanda dos clientes e transações efetuadas no período. Questione-se: Que dias foram bons? Quais datas tiveram quedas? O que mais vendi ou quais tipos de negócio deram mais lucro?

Com essas respostas, baseadas nas experiências anteriores fica mais simples pensar estratégias, identificar oportunidades e até mesmo ser mais inovador em suas campanhas para atrair e surpreender ainda mais os consumidores.

 

Crédito para giro de caixa pode ser a solução

Em alguns casos, quando chega o final do ano, os negócios podem não estar tão bem como você gostaria e o capital de giro pode já estar comprometido. Então, para conseguir equilibrar as contas, talvez seja necessário contratar crédito.

Nestes casos, contar com um parceiro financeiro de confiança é a solução para oxigenar suas contas, sem comprometer os negócios do ano seguinte. A melhor saída para seu negócio pode ser um empréstimo para capital de giro, crédito que tem o objetivo de atender as obrigações financeiras cotidianas da administração de um negócio, como pagamento de salários, aluguel, compra de produtos.

Este tipo de empréstimo serve para que você organize o fluxo de caixa da empresa e prepare seu comércio para o trimestre final. Mas como qualquer operação deste tipo, é necessário que você analise todas as opções e contrate o serviço apenas se isto for o melhor para você.

Para finalizar, fica uma última dica: o final do ano é um período que mexe com todas as empresas. Por isso, antecipe seu planejamento para essa época, ficando sempre atento aos movimentos da concorrência e de empresas que você admira. Boas ideias podem vir de onde menos se espera e com capacidade de trazer os melhores resultados. 

Deixe o seu comentário